Um velho soldado de Infantaria


Um soldado de Infantaria já velhote morreu e foi para o Céu.

À entrada dos portões pérola foi saudado pelo São Pedro:

“Bem vindo! Estou satisfeito por ver que conseguiu! Você merecia
vir para o Paraíso e nós precisamos aqui de mais “infantarocos” .

O velho “infante” sorriu e estava quase a entrar no Paraíso quando estacou e disse:

“São Pedro, não têm por aqui nenhum “Cavalariano”, pois não? é que eles levaram todo o meu tempo de militar a implicar comigo, atiravam-me restos de rações de combate, garrafas de cerveja, latas de Coca-Cola, quando passavam por mim, desenfreados. Odeio a “Cavalaria”!

“Nem pensar!” disse São Pedro. Não há “cavalariano” nenhuma aqui. Eles estão lá para baixo nos verdes campos.

Então o velho “infante” entrou no Paraíso e imediatamente viu uma nuvem gigantesca com um peça irrompendo dela. O velho “infantaroco” sentiu como> se o inferno se desmoronasse – risos e gritos de raparigas, música ruidosa tocando e garrafas partindo-se.

“Hei! Aquilo é a “Cavalaria”! Você mentiu-me!”

“Não, não, não”, disse São Pedro. “ Aquilo é a Infantaria Mecanizada.”

Ainda o velho infantaroco não tinha dado mais que uns quantos passos quando ouviu um ruído mais insurdecedor vindo de outra nuvem que tinha uma ainda maior peça saindo dela.

“é a « Cavalaria »!” gritou histericamente.

“Acalme-se” disse-lhe São Pedro. “Aquilo é a Artilharia de Campanha – os tipos que costumam desenrascá-los quando as coisas se complicam no campo de batalha.”

Então o velho infante deu mais uns quantos passos e deparou imediatamente com um helicóptero Chinook rugindo ao fazer uma curva a alta velocidade, o apontador dobrado sobre os aparelhos de pontaria, disparando 7.62 tracejantes em todas as direcções com a sua metralhadora M60. O piloto usava um Stetson, segurava com a mão esquerda uma garrafa de Jack Daniels e abraçava uma fenomenal louraça com o braço direito. Sabres cruzados estavam pintados sob o enorme emblema amarelo da Cavalaria nas partes laterais do helicoptero. “CAV! CAV! Aquilo é a Cavalaria!”, berrou o velho infantaroco.

“NãO, nada disso”, disse São Pedro, “Aquele é DEUS. Ele apenas julga que Ele é a “CAVALARIA”.

Voltar